Avançar para o conteúdo
a arte da guerra livro
4.9/5

A arte da guerra

A Arte da Guerra é um tratado militar escrito pelo general e estrategista chinês Sun Tzu, por volta do século VI a.C. O livro é considerado um dos mais importantes tratados militares da história, e suas ideias ainda são estudadas e aplicadas por líderes militares e empresariais em todo o mundo.

A Arte da Guerra é dividido em 13 capítulos, cada um abordando um aspecto da guerra. Os temas abordados incluem estratégia, tática, liderança, psicologia, e até mesmo a importância da espionagem.

Sun Tzu acreditava que a guerra deveria ser evitada sempre que possível. No entanto, se a guerra fosse inevitável, ele acreditava que a melhor estratégia era vencer com o mínimo de perdas possível.

Para Sun Tzu, a guerra é um jogo de inteligência, e o vencedor é aquele que consegue enganar o inimigo e tirar vantagem de seus erros. Ele também acreditava que a liderança é essencial para o sucesso, e que os líderes devem ser sábios, fortes e carismáticos.

A Arte da Guerra é um livro complexo e profundo, que oferece insights valiosos sobre a guerra, a liderança e a estratégia. Suas ideias são aplicáveis a uma ampla gama de situações, desde conflitos militares até competições comerciais.

Sinopse:

A Arte da Guerra é a bíblia dos estrategistas. Sai do universo militar para conquistar o mundo político e empresarial. Há mais de 2.500 anos, o general chinês Sun Tzu compilou os personagens filosóficos que sintetizam estratégias eficientes.

Mistério, dissimulação, astúcia e surpresa são os pilares deste tratado. Um livro profundo, repleto de metáforas, que encanta e intriga os estudiosos no mundo todo. Quem conhecer o Tao da família Sun unir-se-á invariavelmente ao Céu e à Terra.

Os conceitos e princípios presentes em A arte da guerra, de Sun Tzu, há muito célebre, não apenas determinaram o avanço da ciência militar chinesa por dois milênios e meio, como se mantêm importantes ainda nos dias de hoje, sendo encontrados em muitas esferas e com diversas
aplicações.

Além disso, as implicações desse texto lacônico – assim como, agora, dos Métodos militares de Sun Pin – são limitadas somente pela perspectiva e imaginação do leitor.

a arte da guerra livro

Sua próxima leitura favorita pode estar entre estas recomendações