Avançar para o conteúdo
vermelho,-branco-e-sangue-azul-pdf
4.9/5

Vermelho, branco e sangue azul

Vermelho, branco e sangue azul é um romance de ficção romântica de Casey McQuiston, publicado em 2019. O livro conta a história de Alex Claremont-Diaz, filho da presidente dos Estados Unidos, e Henry, príncipe da Inglaterra.

Alex e Henry são dois jovens opostos que se odeiam desde a adolescência. Alex é um liberal progressista que não gosta da monarquia, enquanto Henry é um conservador tradicional que não gosta dos Estados Unidos.

Quando os dois países se envolvem em uma crise diplomática, eles são forçados a fingir ser amigos. No entanto, conforme passam mais tempo juntos, eles começam a perceber que podem ter mais em comum do que pensavam.

O livro foi um sucesso de crítica e comercial, e foi elogiado por sua representação positiva de relacionamentos LGBTQIA+.

Aqui estão alguns pontos positivos do livro:

  • Representação positiva de relacionamentos LGBTQIA+: O livro apresenta um romance entre dois homens jovens e atraentes, que são inteligentes, engraçados e bem-sucedidos. Isso é importante porque ajuda a quebrar o estereótipo de que os personagens LGBTQIA+ são necessariamente marginalizados ou infelizes.
  • Personagens bem desenvolvidos: Alex e Henry são personagens complexos e bem desenvolvidos. Eles têm suas próprias histórias e motivações, e não são simplesmente estereótipos.
  • História divertida e envolvente: O livro é uma leitura divertida e envolvente. A história é rápida e cheia de reviravoltas, e os personagens são carismáticos.

Aqui estão alguns pontos negativos do livro:

  • História um pouco previsível: A história segue um padrão bastante comum de romances românticos, e alguns leitores podem achar que é previsível.
  • Alguns personagens um pouco estereotipados: Alguns personagens, como a mãe de Alex e o pai de Henry, são um pouco estereotipados.

No geral, Vermelho, branco e sangue azul é um romance divertido e envolvente que apresenta uma representação positiva de relacionamentos LGBTQIA+.

Sinopse:

O que pode acontecer quando o filho da presidenta dos Estados Unidos se apaixona pelo príncipe da Inglaterra?
Quando sua mãe foi eleita presidenta dos Estados Unidos, Alex Claremont-Diaz se tornou o novo queridinho da mídia norte-americana. Bonito, carismático e com personalidade forte, Alex tem tudo para seguir os passos de seus pais e conquistar uma carreira na política, como tanto deseja.

Mas quando sua família é convidada para o casamento real do príncipe britânico Philip, Alex tem que encarar o seu primeiro desafio diplomático: lidar com Henry, irmão mais novo de Philip, o príncipe mais adorado do mundo, com quem ele é constantemente comparado ― e que ele não suporta.

O encontro entre os dois sai pior do que o esperado, e no dia seguinte todos os jornais do mundo estampam fotos de Alex e Henry caídos em cima do bolo real, insinuando uma briga séria entre os dois. Para evitar um desastre diplomático, eles passam um fim de semana fingindo ser melhores amigos e não demora para que essa relação evolua para algo que nenhum dos dois poderia imaginar ― e que não tem nenhuma chance de dar certo. Ou tem?

Sua próxima leitura favorita pode estar entre estas recomendações